Consultório_Dr_Paulo_Area_Leão_Pop_Up
FC_Serviços_Pop_Up
Armazém Paraíba Monsenhor Gil 970x90
Cajuína Dona Dia 970x90
FC_Serviços_Topo
Consultório_Dr_Paulo_Area_Leão 970x90
Lula Livre

Justiça autoriza que Lula seja libertado e deixe a PF em Curitiba

Após protocolar o pedido, o advogado de Lula foi à sede da Justiça Federal em Curitiba para falar com o juiz.

08/11/2019 16h48
Por: Redação
Fonte: UOL

A Justiça autorizou a saída do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) da prisão. Com a decisão, o petista pode deixar a Superintendência da PF (Polícia Federal) em Curitiba.

A decisão coube ao juiz Danilo Pereira Jr., que substitui Carolina Lebbos, da 12ª Vara Federal em Curitiba. Lebbos, que está em férias, é a responsável pela execução da pena de Lula.

Lula foi beneficiado pela decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que, em julgamento finalizado ontem, proibiu prisão após condenação em segunda instância, caso de Lula. A defesa do ex-presidente havia entrado com o pedido de soltura no final da manhã de hoje.

"Determino, em face das situações já verificadas no curso do processo, que as autoridades públicas e os advogados do réu ajustem os protocolos de segurança para o adequado cumprimento da ordem, evitando-se situações de tumulto e risco à segurança pública", escreveu o juiz em seu despacho.

O magistrado citou o "efeito vinculante" da decisão do STF. "Observa-se que a presente execução iniciou-se exclusivamente em virtude da confirmação da sentença condenatória em segundo grau, não existindo qualquer outro fundamento fático para o início do cumprimento das penas.", afirmou Pereira Jr. na decisão.

Após protocolar o pedido, Zanin foi à sede da Justiça Federal em Curitiba para falar com o juiz.

O ex-presidente estava preso na capital paranaense desde abril de 2018 em razão da sentença que recebeu no processo do tríplex, derivado da Operação Lava Jato. A condenação foi confirmada pelo STJ (Superior do Tribunal de Justiça), uma espécie de terceira instância. O caso ainda será encaminhado ao STF.

Com a saída da prisão, o plano de Lula é falar com os militantes que ficam na vigília "Lula livre", instalada em um terreno na frente da PF em Curitiba. Na sequência, ele viaja para São Bernardo do Campo, na região metropolitana de São Paulo.

No dia seguinte, ele participará de um ato no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo. No local, ele deverá fazer um pronunciamento.

Nos arredores da sede da PF, em Curitiba, onde Lula passou mais de um ano preso, cerca de 200 pessoas aguardam a saída do ex-presidente.

Lula deve sair andando do local. Já foi montado um corredor humano pela Polícia Militar para que ele possa chegar até o terreno onde militantes fizeram a vigília "Lula livre". No local, há também um palco, que provavelmente será usado pelo petista.

Veja a decisão na íntegra:

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Banner 300x600 II
FC_Arranha-céu
Sua Empresa Vista 10 Mil Vezes 300x600
Adsnse 600
Cajuína Dona Dia
Adsense 300 I
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas
Banner lateral interna posição 4
Adsense lateral interna posição 5