Terça, 26 de Maio de 2020
86 9 99928820
Brasil Dois pesos

Em caso idêntico, Justiça pode dar a Lula o benefício que negou a Cunha

Cunha teve progressão negada por ter outra condenação ainda em 1ª instância, igual a Lula

07/06/2019 11h20
Por: Redação Fonte: Diário do Poder

Atendendo a defesa de Lula, com parecer favorável do Ministério Público Federal (MPF), a Justiça adotará pesos e medidas distintos para casos idênticos. Outro presidiário ilustre por crime da mesma laia, Eduardo Cunha já poderia estar no semiaberto ou em prisão domiciliar, mas o MPF foi contra e a juíza Carolina Lebbos, da vara de execuções penais de Curitiba, assentiu, lembrando que o criminoso é reincidente: há outra condenação em primeira instância. E o manteve na prisão.

A defesa de Cunha reclamou porque a segunda condenação ainda não foi confirmada em segunda instância, mas não teve choro nem vela.

Os casos são idênticos: Lula já pode ter o semiaberto, mas há uma segunda condenação a 12 anos e 11 meses, tanto quanto Cunha.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.