Segunda, 01 de Junho de 2020
86 9 99928820
Geral Imigrantes

Cerca de 60 Venezuelanos chegam à Teresina fugindo da ditadura de Nicolás Maduro

O grupo percorreu diversas cidades do Norte e Nordeste até a capital do Piauí.

14/05/2019 11h56
Por: Redação Fonte: Lucas Pereira | Teresina Diário

A crise que afeta a Venezuela chegou ao Piauí, um grupo de venezuelanos chegou a Teresina em busca de uma nova vida e oportunidades fugindo da ditadura de Nicolás Maduro.

O grupo de aproximadamente 60 pessoas percorreu diversas cidades do Norte e Nordeste até a capital do Piauí. Alguns já ganham as avenidas com cartazes e pedem esmola.

As famílias estão alojadas em uma praça nas proximidades do estádio Lindolfo Monteiro, zona Norte da capital piauiense.

Maria Ratia, de 45 anos, foi a única a aceitar falar com a nossa reportagem. Em espanhol, ela diz que o país vive uma situação preocupante.

“Venezuela está mal, Maduro não gosto do seu povo. Não há comida, não há trabalho e não há água”, declarou.

A Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas informa que já encaminhou Agentes de Proteção Social (APS) para acompanhar a situação dos venezuelanos, mas eles não aceitaram o atendimento.

A Semcaspi informou ainda que a Política Nacional de Assistência Social prevê a inclusão de migrantes em programas sociais do Governo e que os venezuelanos podem ser incluídos no recebimento de benefícios caso estejam de forma legal no Brasil.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.