Quinta, 13 de Maio de 2021 13:31
86 9 99928820
Saúde Só na Capital

Ministério da Saúde enviará vacina da Pfizer ao Piauí e recomenda aplicação só na capital

A recomendação é devido às especificidades de armazenamento do imunizante.

29/04/2021 10h26
Por: Redação Fonte: cidadeverde.com

O Ministério da Saúde informou que, nesta quinta-feira (29), chegará ao Brasil o primeiro lote com 1 milhão de doses da vacina Covid-19 da Pfizer/BioNTech. 

De acordo com o Ministério da Saúde, assim que as doses chegarem elas serão distribuídas de forma “proporcional e igualitária” para as 27 capitais brasileiras. A previsão é que a distribuição  inicie entre sexta-feira (30/4) e sábado (1).

A logística de distribuição das vacinas da Pfizer/BioNTech organizada pelo Ministério da Saúde leva em conta as baixas temperaturas de refrigeração das doses, que chegarão ao Brasil armazenadas em caixas a uma temperatura de -70°C.

VACINA SÓ NAS CAPITAIS

Foi apurado que as doses enviadas ao Piauí devem ser  aplicadas apenas em Teresina devido às especificidades de armazenamento do imunizante.

“Assim que os imunizantes chegarem nas salas de vacinação, na rede de frio nacional (+2°C a +8°C), a aplicação na população deve ocorrer em até cinco dias. Devido ao curto espaço de tempo, o Ministério da Saúde está orientando, para essa primeira remessa, que a vacinação com as doses da Pfizer fique restrita às capitais e, se possível, ocorra em unidades de saúde que possuam câmaras refrigeradas cadastradas na Anvisa”, informou o Ministério da Saúde.

O presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Gilberto Alburquerque, admite que a capital deve ter dificuldade de realizar a vacinação com doses da Pfizer em Unidades Básicas de Saúde (UBSs) ou na modalidade Drive-Thru. "Teremos dificuldades porque temos poucas possibilidades de câmara fria", adiantou.

Ainda não há informações sobre o público-alvo que receberá o imunizante nem sobre a quantidade de doses que será enviada ao Piauí. A definição ocorrerá após o  Ministério da Saúde publicar nota técnica.

A vacina da Pfizer é o único imunizante contra a Covid-19 que possui registro para uso definitivo concedido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O imunizante pode ser aplicado em pessoas a partir de 16 anos de idade, em duas doses, com intervalo de 21 dias entre elas.

A remessa que chega ao Brasil nesta quinta-feira (29) faz parte do acordo firmado entre o Ministério da Saúde e a farmacêutica BioNTech em 19 de março, que totaliza 100 milhões de doses de vacinas até o final do terceiro trimestre de 2021. Essas primeiras doses foram produzidas na fábrica da Pfizer em Puurs, na Bélgica.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.