Quinta, 13 de Maio de 2021 13:51
86 9 99928820
Cidades Gambiarras

Vereador Cleidson Paiva aciona Ministério Público contra Equatorial para resolver problemas de gambiarras em Monsenhor Gil

De acordo com a Representação do vereador, os Bairros Gruta de Areia e Santiago sofrem com gambiarras há mais de 20 anos.

28/04/2021 13h20 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação

Os moradores dos Bairros Gruta de Areia e Santiago em Monsenhor Gil tiveram suas queixas contra a Equatorial apresentadas ao Ministério Público do Piauí pelo vereador Cleidson Paiva (PC do B), que na manhã desta quarta-feira (28), protocolou uma Representação contra a concessionária responsável pelo fornecimento e manutenção da rede elétrica em no município.

Segundo a Representação protocolada sob o número 1636/2021, a região apresenta “riscos eminentes, gambiarras em pontes de madeiras que podem vir a cair e a situação dos cidadãos residentes nestes bairros é perigosa em período noturno”, diz a representação.

Ainda de acordo com documento protocolado junto ao MP, “há mais de 20 anos existe este problema da falta de fornecimento adequada da rede elétrica”.

Responsável pela Representação, o vereador Cleidson Paiva (PC do B), pediu que a Concessionária faça a retirada das gambiarras e que substitua os postes de madeira por postes de concreto.

Vereador Cleidson Paiva (PC do B)

 

Entramos com uma representação no MP contra a concessionária Equatorial, a fim de solicitar à empresa que atenda os diversos pedidos feitos por nós de retirada das gambiarras no bairro Santiago e Gruta de Areia, assim realizando a troca dos portes de madeira pelos de concreto, vistos que aqueles moradores são contribuintes e não usufruem da iluminação pública e de um fornecimento de energia adequado, assim como também os riscos que sofrem naquela região.

Reforço a nossa população que o nosso mandato, este Vereador Cleidson Paiva, não se omitirá do seu papel em defender os anseios de nosso Povo”, disse o vereador ao Tribuna 316.

VEJA A REPRESENTAÇÃO NA ÍNTEGRA AQUI.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.