Quinta, 13 de Maio de 2021 13:16
86 9 99928820
Saúde Vacina

Fiocruz deve entregar vacina 100% nacional a partir de setembro

Anúncio foi feito nesta sexta-feira pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, ao lado da presidente da fundação, Nísia Trindade

09/04/2021 14h49 Atualizada há 1 mês
Por: Redação Fonte: R7
Atualmente, Fiocruz depende de ingrediente farmacêutico ativo importado da China - (Foto: Rodolfo Buhrer/Fotoarena/Estadão Conteúdo)
Atualmente, Fiocruz depende de ingrediente farmacêutico ativo importado da China - (Foto: Rodolfo Buhrer/Fotoarena/Estadão Conteúdo)

Em pouco mais de quatro meses, a Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) não precisará mais depender da importação de IFA (ingrediente farmacêutico ativo) para produzir vacinas contra covid-19.

O anúncio foi feito nesta sexta-feira (9) pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, ao lado da presidente da Fiocruz, Nísia Trindade.

"Hoje eu vi aqui a produção do IFA nacional. Em breve, acredito que no mês de agosto, já tenhamos IFA produzido na Fiocruz. Isso representa uma conquista excepcional, a autonomia do Brasil na produção de IFA, dispensa a necessidade de importação desse insumo para que a Fiocruz possa produzir vacinas", afirmou o ministro.

Embora já haja produção da matéria-prima da vacina, a Fiocruz ainda não tem condições de fornecer imunizantes 100% nacionais ao Ministério da Saúde, salientou Nísia.

"Vamos já estar com a nossa planta, certamente, certificada em maio para essa parte de produção. Mas do IFA até as doses chegarem ao programa, será todo todo um percurso de validações pela Anvisa. Então, essas doses, nós esperamos que já estejam no programa nacional de imunizações a partir de setembro, essas com IFA nacional."

Até lá, a Fiocruz depende da chegada de IFA de uma fábrica parceira da AstraZeneca na China, a WuXi Biologics. No entanto, as remessas vindas da Ásia têm sofrido atrasos, o que compromete o cronograma brasileiro.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.