Quarta, 30 de Setembro de 2020 15:31
86 9 99928820
Geral Retomada

Após reunião com comitê, governador anuncia novas deliberações para retomada de atividades no Piauí

O comitê liberou também a retomada de estágios para alunos de cursos superiores na área de saúde.

02/09/2020 08h23
Por: Redação Fonte: CCom-PI

O Comitê de Operações Emergenciais (COE) Ampliado aprovou, na tarde desta terça-feira (1º), novas deliberações relacionadas a atividades profissionais, econômicas e educacionais, atingidas pelas restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus em âmbito estadual. Os pontos, analisados em reunião por videoconferência liderada pelo governador Wellington Dias, foram aprovados pelo comitê técnico e serão encaminhados para publicação.

O COE autorizou a ampliação do quadro de servidores públicos em atuação na modalidade presencial. Agora até 50% do total de funcionários públicos poderão estar presentes no local de trabalho. Inicialmente só 30% do quadro estava autorizado a comparecer às repartições.

O comitê liberou também a retomada de estágios para alunos de cursos superiores na área de saúde. Estudantes a partir do 8º período poderão desenvolver as atividades práticas supervisionadas em unidades de saúde que não atendam a pacientes com Covid-19. Ficou estabelecida a obrigatoriedade de aplicação de testes nos estagiários.

O COE manteve para o dia 8 de setembro a autorização para retomada de eventos culturais no Piauí. O eventos de pequeno porte deverão seguir a métrica mínima de 4m² ocupados por pessoa, com o distanciamento mínimo de 2m entre os participantes, e lotação máxima de cem pessoas por evento em área aberta ou semiaberta.

Os grandes eventos só podem ser executados na modalidade drive in formato onde os participantes assistem à apresentação artística de dentro do carro. O limite será de mil pessoas ou 250 carros com quatro ocupantes cada.

“É exigido que o motorista não faça uso de bebida alcoólica. Além de proibido o consumo ao volante, aumenta o risco de acidente automobilístico e a consequente e ocupação de leitos hospitalares, inclusive de UTI”, destacou a diretora da Vigilância Sanitária estadual, Tatiana Chaves.

Educação

Outro ponto em pauta na reunião foi a retomada das aulas presenciais na escolas de ensino regular. Preocupado com a preparação dos candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o governador Wellington Dias sugeriu a abertura de um diálogo envolvendo representantes das escolas públicas e particulares, pais de alunos, e membros do COE, para avaliar a possibilidade de retomar o ensino presencial especificamente para alunos do 3º ano do ensino médio.

“Esta abertura envolveria entre 60 e 70 mil pessoas, cerca de 7% do público total alcançado com a retomada completa do setor de educação. Estamos tratando de estudantes com maior maturidade, cientes dos cuidados que devem tomar. O grande objetivo é reduzir a desigualdade do alunado do Piauí com o de outros estados, visto que eles vão entrar numa concorrência âmbito nacional (Enem)” explicou o governador.

Pelo cronograma vigente, as aulas presenciais podem ser retomadas no próximo dia 22 de setembro. Na reunião de hoje o COE optou aguardar um posicionamento do Comitê Científico do Nordeste, que deve se reunir esta semana para tirar uma deliberação sobre o tema, só então será decidido que posição prevalecerá em nível estadual.

Reuniões Políticas

A audiência tratou ainda do regramento necessário para a realização de reuniões de cunho político-partidário, com vistas às eleições municipais. O posicionamento do COE é pelo limite de até cem pessoas neste tipo de encontro, mesmo número admitido em eventos culturais e sociais de pequeno porte.

Ficou acertada uma reunião para esta quarta-feira (2), envolvendo membros da Justiça Eleitoral, Ministério Público, Associação Piauiense de Municípios (APPM) e COE, para estabelecer as regras a serem obedecidas para evitar aglomerações e a consequente transmissão da Covid-19.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.