Quarta, 30 de Setembro de 2020 15:22
86 9 99928820
Educação Certificação

Seduc certifica 23 mil profissionais da educação na Formação Currículo Piauí

As formações foram realizadas com os cursistas das redes municipais, estadual e privada.

27/08/2020 09h26
Por: Redação Fonte: CCom-PI

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc-PI), em regime de colaboração com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime-PI) e apoio do Ministério da Educação (MEC), certifica 23.489 participantes da Formação Continuada do 1ª ciclo do Currículo Piauí 2019/2020 à luz da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) para Educação Infantil e Ensino Fundamental. O certificado está disponível na internet e os que não conseguiram concluir o curso têm até dezembro de 2020 para o fazerem.

Dos 23.489 certificados, 23.031 são cursistas, 192 articuladores municipais, 210 coordenadores municipais, 30 coordenadores regionais e 26 redatores formadores. A formação visa alcançar todas as redes, garantindo que os profissionais conheçam profundamente o currículo, saibam como trabalhar em sala de aula e para que seja implementado efetivamente.

A coordenadora ProBNCC dos Anos Finais do Ensino Fundamental da Seduc, Marília Aragão, esclarece que o público-alvo das formações são os coordenadores e articuladores  municipais, coordenadores regionais, professores e coordenadores pedagógicos. A carga horária é de 48 horas presenciais e 112 horas no sistema de educação à distância, perfazendo um total de 160 horas de formação.

É muito gratificante a certificação, por todo o percurso percorrido, desde a homologação da base em 2017. Construímos o currículo em 2018 e 2019, este foi homologado em 2019 e tivemos o ciclo 1 de formação, tudo em regime de colaboração, o que contou com uma grande parceria da Undime-PI e Seduc-PI  e uma equipe engajada em todos os perfis. Dando continuidade, teremos o ciclo 2 ainda este ano, que está previsto para iniciar em setembro, com temáticas específicas para cada componente curricular, com webnários e encontros regionais e seminários”, explica Marília Aragão.

As formações foram realizadas de forma colaborativa ou de forma individualizada com os cursistas das redes municipais, estadual e privada.

O percurso resultará na definição e implementação de novas soluções para o ciclo formativo até a escola, que tenham como propósito a superação de desafios considerados prioritários pela escola, a partir de um amplo processo de mobilização, escuta, corresponsabilização e cocriação.

Já foram concluídos todos os módulos, sendo que ainda teremos outros lotes de certificação, pois, devido à pandemia, alguns poucos cursistas não conseguiram finalizar pelo menos 75% da carga horária da formação. Esses, ainda terão até o fim de dezembro para concluir”, finaliza a coordenadora ProBNCC.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.