Quarta, 30 de Setembro de 2020 15:44
86 9 99928820
Saúde Retomada

Atendimentos do Serviço de Cirurgia Bariátrica do HGV retornam hoje (24)

O HGV comemora a Certificação e Acreditação do Serviço conferida pela Sociedade Brasileira em Cirurgia Bariátrica e Metabólica e pela WMA.

24/08/2020 08h27
Por: Redação Fonte: CCom-PI

O Serviço de Cirurgia Bariátrica e Metabólica do Hospital Getúlio Vargas (HGV) reinicia suas atividades ambulatoriais, nesta segunda-feira (24), após cinco meses suspensas por causa da pandemia.  O diretor-geral do HGV, Gilberto Albuquerque, e o coordenador do serviço, o cirurgião Marlon Moreno, reuniram-se, na últila sexta-feira (21), para acertar os últimos detalhes do retorno dos atendimentos.

O diretor-geral do HGV comemora o retorno com duas grandes conquistas: a Certificação e Acreditação do Serviço conferida pela Sociedade Brasileira em Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM) e pela World Medical Accreditation (WMA) e a ampliação da equipe multiprofissional. “Isso representa um grande avanço na qualidade dos serviços prestados aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), o que agrega mais segurança e resultados aos pacientes que são submetidos ao tratamento cirúrgico da obesidade no HGV”, explica Gilberto Albuquerque.

Para o coordenador do Serviço de Cirurgia Bariátrica e Metabólica, Marlon Moreno, titular da SBCBM, essas conquistas representam um avanço muito grande. “A Certificação e Acreditação em cirurgia bariátrica conferida pela SBCBM e pela WMA, que possui expertise e foco voltados para atender às necessidades contemporâneas é um reconhecimento de excelência para médicos, especialidades associadas, hospitais e outros prestadores de serviços de saúde”, explica o cirurgião.

“O outro grande e importante avanço foi o ingresso da nutricionista Andrea Lopes e da psicóloga Zilma Bento, como membros associadas coesas da SBCBM. Isso representa o avanço em qualificação na equipe multidisciplinar no tratamento da obesidade para os pacientes do SUS em nosso estado, oferecendo qualidade e segurança nessa área de alta complexidade”, destaca Marlon Moreno.

Para o presidente da Fundação Piauiense de Serviços Hospitalares (FEPISERH), Pablo Santos, a volta dos serviços no HGV deve ocorrer de forma gradual e segura. “Estamos retomando os atendimentos que foram interrompidos por conta da pandemia já há cinco meses, o que acarretou uma demanda reprimida, mas com responsabilidade e a devida proteção, estaremos atendendo à todos que aguardam por um procedimento”, comenta o gestor.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.