Terça, 07 de Julho de 2020 23:12
86 9 99928820
Saúde Busca Ativa

Sesapi capacita gestores municipais para o programa Busca Ativa Covid-19

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), iniciou, nesta quarta-feira (17), o treinamento introdutório.

18/06/2020 08h53
Por: Redação Fonte: CCom-PI

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), iniciou, nesta quarta-feira (17), o treinamento introdutório do Programa Busca Ativa Covid-19. A iniciativa foi realizada por meio de videoconferência e teve como alvo gerências e profissionais de saúde de municípios das macrorregiões que compreendem os territórios da Planície Litorânea e região do centro-norte piauiense.

O programa é fruto de uma parceria realizada entre Sesapi e Associação Piauiense de Municípios (APPM). O objetivo é identificar pessoas possivelmente contaminadas pelo novo coronavírus no Estado. O trabalho ostensivo do Busca Ativa é realizado por meio das equipes do Projeto Saúde da Família.

Ao todo, 906 profissionais e gestores em saúde, de 151 municípios, participam do treinamento. Na quinta-feira (18), será a vez de representantes de municípios dos Cerrados e do Semiárido piauiense passarem pela capacitação.

A diretora de Vigilância e Atenção à Saúde da Sesapi, Cristiane Moura Fé, abriu o treinamento relembrando a importância do trabalho de atenção primária e a finalidade do processo de capacitação. “O objetivo é elucidar dúvidas na execução dos serviços e lançar de forma mais institucionalizada o programa. Profissionais médicos irão fazer as orientações técnicas e clinicas para representantes dos 141 municípios que aderiram ao Busca Ativa e demais prefeituras que manifestarem interesse em aderir ao programa”, explica.

Estratégica para a realização do trabalho de busca ativa, a estrutura da atenção primária à saúde no Piauí possui um longo histórico no trabalho de monitoramento de outras comorbidades. A atuação no estado foi reconhecida pela Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conassems) como a mais efetiva entre as unidades da Federação que implementaram o Guia do Mediador.

Com a chegada e expansão da atuação da Covid-19 no Piauí, se tornou cada vez mais essencial fortalecermos nosso trabalho de atenção primária. Estamos fazendo um trabalho que está servindo de vitrine para os outros estados. Esse esforço é essencial até que alcancemos uma vacina ou uma medicação específica e tenhamos de fato o novo normal”, lembra o superintendente de Atenção Primária à Saúde da Sesapi, Herlon Guimarães.

Estamos diante de uma das ações mais nobres que poderíamos ter nessa pandemia. Nós colocamos esse projeto como uma oportunidade de contermos o avanço da pandemia. Temos a expectativa de diagnosticar precocemente as pessoas e podermos tratá-las ainda no início da doença. Essa medida pode evitar que o sistema de saúde do estado entre em colapso”, projeta o diretor do Hospital de Campanha Estadual, Jéferson Campelo.

O rastreamento de pessoas possivelmente contaminadas pelo novo coronavírus prevê a aplicação de testes para a Covid-19 a fim de identificar os pacientes positivados que serão cadastrados no banco de dados da plataforma Monitora Covid-19. A partir daí, as equipes de saúde do Programa Busca Ativa vão fazer um acompanhamento destes pacientes contaminados.

Para tanto, a Sesapi deve pôr à disposição dos agentes do Saúde da Família Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e alguns equipamentos básicos para que, em visitas domiciliares aos moradores, as equipes de saúde possam fazer a testagem das pessoas sintomáticas e daqueles com quem ele teve contato.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.