FC_Serviços_Pop_Up
Consultório_Dr_Paulo_Area_Leão_Pop_Up
Convite_Republicanos
Anuncie Aqui
Cajuína Dona Dia 970x90
Consultório_Dr_Paulo_Area_Leão 970x90
Anuncie Aqui topo
Armazém Paraíba Monsenhor Gil 970x90
FC_Serviços_Topo
Codinomes

Operação prende membros de facções criminosas no PI, MA e SP

No Piauí, elas foram presas em Teresina e Demerval Lobão

14/01/2020 09h08Atualizado há 5 dias
Por: Redação
Fonte: GP1

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada em Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre) deflagrou no início da manhã desta terça-feira (14), a "Operação Codinomes", nos estados do Piauí, Maranhão e São Paulo com objetivo de prender membros de facções criminosas.

De acordo com o secretário de Segurança Pública, Fábio Abreu, ao todo 26 pessoas foram presas. "Essa operação aconteceu simultaneamente nos estados do Piauí, Maranhão e São Paulo. Conseguimos prender 26 pessoas com envolvimento em facções criminosas especializadas em tráfico de drogas. No Piauí, elas foram presas em Teresina e Demerval Lobão", informou.

Segundo o secretário, os acusados presos eram membros de duas facções. "O objetivo dessa ação era preender membros de duas facções, PCC e Bonde dos 40, que são consideradas altamente perigosas", ressaltou Fábio Abreu.

Como os 26 presos estão envolvidos com facções de alto risco, eles foram encaminhados diretamente para o sistema prisional, não realizando nenhum procedimento em delegacias.

Operação Codinomes

A operação foi assim denominada porque os alvos utilizam-se de outros nomes para esconder sua verdadeira identidade. A ação contou com o acompanhamento das investigações pelo Gaeco, apoio operacional da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Piauí, Força Tarefa, Delegacia Geral de Polícia Civil, Polinter, Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, Delegacias de Polícia Civil da capital e região Metropolitana, Bope, Rone e Denarc - Maranhão.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários